Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

Entrevista a Miguel Pratas, treinador do Besteiros F.C.

 
“Osócios do Besteiros F. C. têm dado um apoio fantástico"
                                                                   
           
            Terminou a 1.ª volta do Campeonato distrital da II Divisão da Associação de Futebol de Viseu. O Besteiros F.C. está, neste momento, em 2.º lugar, apresentando um futebol de qualidade que encanta todos aqueles que têm oportunidade de assistir.
            Por esse facto, competia ao blog besteiros (que não é o blog oficial do B.F.C) auscultar em entrevista o treinador do Besteiros F.C., Miguel Pratas.
            Encontrámos um treinador jovem (29 anos), bastante rigoroso e trabalhador, apresentando como currículo o II nível do curso de treinador de Futebol 11 – UEFA B. Como treinador principal exerceu funções no C.D de Tondela na época
 
Besteirosblog  - Chegámos ao final da primeira volta, qual é o balanço que faz da campanha do Besteiros Futebol Clube?
 
Miguel Pratas (MP) - O balanço é positivo, fizemos uma 1ªvolta muito boa, praticamos um futebol bonito e vistoso, trouxemos gente ao campo ao Domingo, sabendo das dificuldades que iríamos encontrar, a equipa correspondeu da melhor forma, foram fantásticos.
 
Neste momento a pontuação obtida corresponde às perspectivas iniciais?
 
MP - Para ser sincero, gostava de ter agora 36 pts, era sinal que tínhamos ganho todos os jogos, mas ... tal não foi possível, vamos tentar ser mais fortes ainda e fazer uma excelente 2ª volta.
 
De um modo geral como tem analisado as arbitragens?
 
MP - Um tema que não gosto muito de falar, eu próprio tiro as minhas opiniões e tento guardá-las comigo.
 
A equipa apresenta um futebol envolvente preenchendo bem os espaços, conseguindo criar várias situações de golo, mas segundo algumas opiniões, tem se revelado demasiado perdulária na hora da finalização. Em primeiro lugar concorda com esta análise. No caso afirmativo, como pretende combater essa lacuna?
 
MP - Não estou de acordo, levamos 27 golos marcados, o que dá uma média superior a 2 golos por jogo, é mau? Também lembrar que só sofremos 8 golos, só é possível graças ao trabalho desenvolvido durante a semana, como disse e bem, a minha equipa joga um futebol envolvente, estando bem entrosada entre os sectores, tornando-se assim um conjunto forte e organizado. Somos a equipa que mais situações de finalização deve criar neste campeonato, por isso os golos irão continuar a aparecer, se possível em maior número.
 
O Besteiros encontra-se a três pontos do 1.º lugar. Quais são as perspectivas para a segunda volta do campeonato?
 
MP - Está tudo em aberto, vamos pensar jogo a jogo nos 3 pontos em disputa, se vencer-mos todos os jogos até final, somos certamente campeões, mas para isso é preciso continuar o trabalho sério que se tem vindo a fazer de Setembro a esta parte.
 
Já agora, qual é a filosofia de jogo que privilegia, já que a equipa do Besteiros denota trabalho e um certo cunho pessoal na forma de jogar.
 
MP - Acima de tudo, deve-se à qualidade da equipa e dos jogadores que a compõem, que por sua vez têm sido fantásticos, da maneira como trabalham e como assimilam o que lhes transmito. O meu modelo de jogo depende muito das características dos jogadores, já não passa muito por dispositivos tácticos, do género 4:3:3, 4:4:2, etç, mas sim por uma cultura táctica diferente e métodos de treino diversificados e que incentivem os jogadores a trabalhar com muita vontade durante a semana, para chegar a domingo e ganhar os jogos.
 
Este clube arrasta consigo 87 anos de história. O que representa para si trabalhar para o mais antigo clube do concelho de Tondela? Sente-se a mística do clube e o peso das camisolas?
 
MP - Um orgulho muito grande, sem dúvida. A direcção é composta por pessoas formidáveis, que se desdobram em esforços para que o trabalho seja bem feito, desde já um agradecimento a eles por também terem apostado num jovem como eu. Quanto á mística do clube e peso das camisolas, acho que é sentida por todos, é bom haver esta responsabilidade de defender as cores do Besteiros, gosto muito de estar aqui.
 
Quer deixar uma mensagem aos sócios?
 
MP – Sim, claro! Continuem a apoiar a equipa e a acreditar neste grupo de trabalho, porque assim ficamos mais fortes. Têm dado um apoio fantástico, tanto eu como os jogadores sentimos isso. Não fazia ideia que era assim aqui em Campo de Besteiros, sinceramente deixou-me surpreso, mas ao mesmo tempo bastante contente. Um muito obrigado a todos os sócios e simpatizantes do Besteiros. Quero agradecer ao Sr. Joaquim Duarte, desde já pela entrevista e também pelo Blog.
Saudações desportivas.
                                                                       Joaquim Duarte
publicado por besteiros às 11:06
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De 3 BFC a 10 de Janeiro de 2007 às 13:40
Desejo votos de maior sucesso ao treinador e amigo Miguel Pratas!!
Acredito que esta equipa irá longe!
Abraço a todos pelo esforço e dedicação que dão a este clube: Dirigentes, Treinador, Colegas, Etc etc
FORÇA BESTEIROS


De "Almeida" a 10 de Janeiro de 2007 às 15:03
Força Mourinho...lá lá lá lá lá lá...Força Mourinho....Félix
e Equipa!!


De Futebol Viseu a 10 de Janeiro de 2007 às 19:41
Olá será que está interessado em colaborar com o blog Futebol Distrito de Viseu escrevendo as crónicas dos jogos do Besteiros? Se estiver interessado visite o site em http://futebolviseu.blogspot.com e deixe lám o seu email. Ou então envie-nos um email para futebolviseu@hotmail.com

Continuação do bom trabalho


De Atleta BFC a 11 de Janeiro de 2007 às 23:01
Sou um dos elementos que tem o prazer e o orgulho de ser treinado pelo "mister" Pratas e todos os pontos que ele acima refere eu subscrevo e acredito que os restantes elementos da equipa também o farão. O BFC tem demonstrado ao longo da temporada, uma união, uma coesão dentro e fora do campo que raramente se encontra; e isso faz dela uma equipa disciplinada, que gosta de jogar futebol bonito, que dá o seu máximo todos os jogos, demonstrando alegria e responsabilidade no que faz. E tudo isso não vem só dos atletas; Penso que a "peça" fundamental para que isso aconteça, que incentiva a este tipo de comportamento, é o "mister". Tem métodos de treino inovadores, tem noção dos limites a impor aos atletas, rege-se por princípios que deviam estar presentes a todo o momento no desporto: respeitar para ser respeitado; E tudo isto num jovem treinador. No início, aquando da apresentação, esse factor (a idade) fez-me ficar com algum receio (controlar e disciplinar 21 atletas não é fácil, ainda mais sendo da mesma faixa etária e até mais novo que alguns:)), mas tenho que reconhecer que estava totalmente errado. Por isso, te dou todo o meu apoio e acredito que com todas as tuas capacidades, seja difícil manter-te numa equipa que milita nas distritais. Mas, se for para melhor, nunca serás recriminado (embora seja difícil encontrar grupo melhor que o do BFC). Um abraço e Força Besteiros


De Pedro Lopes a 15 de Fevereiro de 2007 às 18:03
Então o Pratas deu em treinador de futebol? Pois não sabia. Felicidades para ele e para o saudoso BFC. Um abraço conterrâneo.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
29
30
31


.posts recentes

. Voltámos!!!

. Posso?!!!

. Órgãos Sociais do B.F.C. ...

. Comentário do Treinador d...

. Resultados e Classificaçã...

. BESTEIROS, 4 - ABRAVESES,...

. Comentário do Treinador M...

. Resultados e Classificaçõ...

. BESTEIROS, 1 - SANTIAGO B...

. Rescaldo do jogo Besteiro...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.favorito

. Besteiros F. C. disputa I...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds