Sábado, 2 de Setembro de 2006

Um pouco de história do "nosso mundo"

Mas qual terá sido a origem do “nosso pequeno mundo”?
            Santa Eulália de Besteiros ou Sancta Ovaya de Balistariis deve remontar à época da reconquista cristã. O nome de Santa Eulália aparece mencionado num documento de 960. No que respeita à paróquia de Sancta Ovaya de Balistariis aparece a mesma referenciada nas Inquirições de 1258 e de 1288.
            Numa grande viagem temporal, encontramos Campo de Besteiros, nome atribuído à antiga freguesia de Santa Eulália de Besteiros pelo decreto n.º 16467 de 4 de Fevereiro de 1929. Este decreto oficializou a designação que era assumida pela população já alguns anos. Compreende-se perfeitamente esta evolução, numa terra de grande pendor republicano.
            Nos jornais aparecia Campo de Besteiros ou Besteiros. Embora Campo de Besteiros aparecesse com um significado mais restrito e Besteiros assumia uma área mais lata que englobava as três freguesias confinantes (Campo de Besteiros, Santiago de Besteiros e Castelões).
Assistimos, no presente, a uma tentativa de apropriação do nome Besteiros. O nome serve para tudo, e para tudo tem utilidade.
Na ânsia de procurar um novo rumo, o ter na mão o poder de decidir contra uma política, já na altura centralizadora, levou ao desejo da criação do concelho de Besteiros. Acto que levantou alguma polémica, mas pela leitura dos jornais da época existia uma aceitação tácita. O novo concelho não foi criado, em parte pela mudança do ministro do Interior responsável pela tutela, o que naquele tempo era frequente devido à instabilidade governativa. Pesou também, a decisão da assembleia de freguesia do Barreiro que no último momento não rectificou a sua entrada no novo concelho. Assim, morria o sonho, assim assistiu-se a um concelho com um desenvolvimento a ritmos diferentes.
                                                          Besteiro
publicado por besteiros às 08:44
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Lurdes Besteiro a 4 de Novembro de 2009 às 03:18
Olá Leonardo, li a tua mensagem, tenho 56 anos e meu avô se chamava Agostinho Amadeu Besteiro , natural de Castelo Rodrigo. Tenho uma familiar sepultada na FReixeda do Torrão com o nome: Maria José Aguilar nee Arlete Besteiro, nascida em 1934 e falecida em 1974, não conheci porque meu pai foi para Moçambique e nasci lá, vim para Portugal em 1976, desde a data do meu nascimento a esta data nunca tinha vindo a Portugal. Sei que meu pai já falecido tem irmãs que foram para Rio de Janeiro e moram aí mas não as conheço, Têm apelido de Cardoso Besteiro, espero noticias tuas beijinhos da Lurdes


De David Besteiro a 23 de Julho de 2014 às 16:42
Cara lurdes o meu nome é David Besteiro e a minha familia toda é da freixeda do torrão!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
29
30
31


.posts recentes

. Voltámos!!!

. Posso?!!!

. Órgãos Sociais do B.F.C. ...

. Comentário do Treinador d...

. Resultados e Classificaçã...

. BESTEIROS, 4 - ABRAVESES,...

. Comentário do Treinador M...

. Resultados e Classificaçõ...

. BESTEIROS, 1 - SANTIAGO B...

. Rescaldo do jogo Besteiro...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.favorito

. Besteiros F. C. disputa I...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds